Entulho

Distinguindo o trágico do supérfluo

Archive for agosto \10\UTC 2013

Agrotóxicos causam morte de abelhas nos EUA

Posted by iscariotes em 10 de agosto de 2013

Fonte: Adital

Estudos apontam que agrotóxicos são responsáveis por dizimar a população de abelhas nos EUA. Um estudo identificou algumas das prováveis causas da morte das abelhas. Os resultados são assustadores e mostram que evitar o que já estão chamando de ‘Armagedom das abelhas’ será muito mais difícil do que se pensava anteriormente.

Cientistas da Universidade de Maryland e do Departamento de Agricultura dos EUA identificaram um caldeirão de pesticidas e fungicidas contaminando o pólen recolhido pelas abelhas para alimentarem suas colmeias. As substâncias suspeitas incluem agrotóxicos, parasitas transmissores de doenças e má nutrição.

Embora os cientistas sejam cautelosos ao salientar que as conclusões não vinculam diretamente os pesticidas à companhia Desordem do Colapso das Colônias (DCC), que dizimou cerca de 10 milhões de colmeias, no valor de US$ 2 bilhões, nos últimos seis anos. O pólen foi contaminado, em média, por nove pesticidas e fungicidas diferentes, contudo os cientistas já descobriram 21 agrotóxicos em uma única amostra. Sendo oito deles associados ao maior risco de infecção por parasitas.

O estudo descobriu outra complicação nos esforços para salvar as abelhas: as abelhas norte-americanas, que são descendentes de abelhas europeias, não trazem para casa o pólen das culturas nativas norte-americanas, mas coletam de ervas daninhas e flores silvestres próximas. O pólen dessas plantas, no entanto, também estava contaminado com pesticidas, mesmo não sendo alvo de pulverização.

Em http://www.adital.org.br/site/noticia.asp?lang=PT&cod=76930

Anúncios

Posted in Ciência | Leave a Comment »

Cientistas argentinos e cubanos lançam vacina para câncer de pulmão

Posted by iscariotes em 2 de agosto de 2013

Fonte: Brasil de Fato

Após 18 anos de estudos, cientistas argentinos e cubanos lançaram oficialmente a vacina para o câncer de pulmão avançado. O lançamento ocorreu em Buenos Aires em junho deste ano, e a vacina já está sendo comercializada na Argentina. Laboratórios de 25 países, entre eles o Brasil, estão interessados em obter a licença de fabricação.

Com este medicamento, os cientistas esperam transformar o câncer avançado em uma doença crônica que possa ser controlada por períodos prolongados, como o diabetes e a hipertensão arterial. Ainda não foi possível precisar se a vacina é uma solução à doença, mas ela aumenta a esperança de vida dos pacientes, ao estimular o sistema imunológico do corpo humano.

“A vacina reativa o sistema imunológico do paciente, para que ele possa criar anticorpos contra as células cancerígenas”, explicou, em entrevista a Agência Brasil, o médico Daniel Alonso, um dos pesquisadores argentinos. “Não substitui tratamentos existentes, como quimioterapia ou radioterapia. Mas contribui para aumentar a sobrevida do paciente”, disse.

Segundo Alonso, a maioria dos pacientes só descobre que tem a doença quando o câncer no pulmão está em estado avançado. Como os tumores são provocados por células do próprio organismo, que sofreram mutação, o sistema imunológico não detecta um corpo estranho e, portanto, não reage. Os médicos usam quimioterapia e radioterapia para matar as células cancerígenas, mas os dois tratamentos também destroem outros tecidos.

Doença

O câncer de pulmão é considerado um dos mais mortais que existem, causando por volta de 1,4 milhões de mortes por ano, segundo estimativas da OMS (Organização Mundial da Saúde).

A vacina, chamada Racotumomab (Vaxira) e desenvolvida pelo CIM (Centro de Imunologia Molecular de Cuba), foi aplicada com resultados favoráveis em pacientes da ilha caribenha entre os anos 2008 e 2011. (com informações da Agência Brasil e do Vermelho).

Em http://www.brasildefato.com.br/node/14890

Posted in Ciência, Mundo | Leave a Comment »