Entulho

Distinguindo o trágico do supérfluo

Emprego Público no Brasil: Comparação

Posted by iscariotes em 9 de setembro de 2011

Fonte: Ipea 

O percentual de servidores públicos no Brasil não atinge 11% da massa trabalhadora e 6% da população. O levantamento foi feito pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) em 2005.

Excetuando-se os casos específicos de Coréia, Japão e da Suíça, em todos os demais países considerados no estudo o peso do emprego público na ocupação total é bem maior do que no Brasil. Mesmo nos EUA, a mais importante economia capitalista, caracterizada pelo
seu caráter “privatista” e pelo seu elevado contingente de postos de trabalho no setor privado, o peso do emprego público gira em torno de 15%.

Na Dinamarca, o emprego público equivale a 39% do total de ocupados. Na Suécia, 30,9%; na França, 24,9%; na Finlândia, 23,4%; na Bélgica, 19,5%. No Brasil, o índice é de 10,7%.

Na América, o Panamá tem mais empregos públicos: 17,8% da massa trabalhadora. Em seguida vêm Costa Rica (17,2%), Venezuela (16,6%), Uruguai (16,3%), Argentina (16,2%) e Paraguai (13,4).

Pode-se, então, afirmar que os dados apontados nesta comparação internacional revelam que a participação do emprego público no Brasil é pequena, tanto se comparada com os países desenvolvidos, como também se comparada a países latinoamericans.

Em http://www.ipea.gov.br/sites/000/2/comunicado_presidencia/09_03_30_ComunicaPresi_EmpPublico_v19.pdf

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: